Caminhoneiros planejam greve para 1º de fevereiro; ANTB diz que paralisação pode ser maior do que a de 2018