Após Marco Antônio anunciar exigência de CPF, itabiranos vão comprar em João Monlevade