Empresário de BH pagou R$ 900 para ter submetralhadora furtada da PM