Andarilho que abusou e matou moradora de rua alegou que estava bêbado